background
XIX Workshop de Genética

É com enorme satisfação que anunciamos mais uma edição do WORKSHOP DE GENÉTICA da UNESP/BOTUCATU, que ocorrerá nos dias 12, 13 e 14 de abril de 2019. Em sua XIX edição, teremos atividades que envolvem encontros pré-evento, palestras de renomados pesquisadores brasileiros e internacionais, apresentações de trabalhos na modalidade oral e pôster publicados nos Anais do WG - ISSN 2446-7367, mesa redonda e diversos minicursos. Inscrições abertas a partir de 10 de dezembro de 2018! Nos encontramos em abril!

12/04/2019 - 14/04/2019

Espaço IB Eventos - Unesp Botucatu

QUERO ME INSCREVER

Inscrições

Alunos e Professores do Ensino Médio
R$ 85,00
até 29/03/2019
Graduandos
R$ 115,00
até 29/03/2019
Pós-graduandos
R$ 115,00
até 29/03/2019
Profissionais
R$ 150,00
até 29/03/2019

Atividades

Minicurso: MC01 - Utilização de dados cromossômicos em filogenia
Minicurso: MC02 - Telômeros: longevidade e envelhecimento
Minicurso: MC03 - Biotecnologia e conservação genética de plantas
Minicurso: MC04 - Aplicação de marcadores SNPs em análises genéticas de plantas
Minicurso: MC05 - Conceitos básicos e aplicações no Aconselhamento Genético
Open Lab.: Lab 01: Laboratório de Biologia e Genética de Peixes
Open Lab.: Lab 02: Laboratório de Toxicogenômica e Nutrigenômica (OMICS)
Open Lab.: Lab 03: Systems Biology and Genomics Lab
Open Lab.: Lab 04: Laboratório de Microbioma e Genômica Bacteriana (LMGB)
Open Lab.: Lab 05: Laboratório Genômica Integrativa
Open Lab.: Lab 06: Laboratório de Pesquisa em Análises Genéticas (PANGENE)
Open Lab.: Lab 07: Laboratório de Epigenética
Open Lab.: Lab 08: Laboratório de Genética Molecular de Plantas
Open Lab.: Lab 09: Laboratório de Estudos em Biocomplexidade
Open Lab.: Lab 10: Laboratório de Oncologia Molecular Translacional
Open Lab.: Lab 11: Laboratório de Genética Molecular de Plantas
Open Lab.: Lab 12: Laboratório de Serviço de Aconselhamento Genético

Programação

O XIX Workshop de Genética ocorrerá entre os dias 12, 13 e 14 de abril de 2019 no Instituto de Biociências de Botucatu (UNESP).

Para acessar a programação completa clique aqui

Para acessar o resumo das palestras clique aqui

Atividade Pré Evento:  "Curso teórico-prático de CRISPR-CAS9" ministrado pelo Prof. Dr. Miguel A. Moreno-Mateos do Andalusian Center of Development Biology – CABD, Espanha. Para saber mais clique aqui 

Descrição das Atividades

Open Lab

Das 14h às 16h os laboratórios vinculados ao Instituto de Biociências de Botucatu estarão de portas abertas aos participantes do XIX Workshop de Genética. A apresentação dos laboratórios será conduzida por professores ligados a Pós-graduação em Genética do IBB. Um bate-papo sobre a linha de pesquisa desenvolvida no laboratório e um pouco mais sobre a vida de Pós-graduação. Essa atividade requer inscrição prévia, juntamente com o formulário de inscrição, escolhendo apenas um laboratório para visitação.

Lab 01: Laboratório de Biologia e Genética de Peixes – Prof. Dr. Cláudio de Oliveira e Prof. Dr. Fausto Foresti
As pesquisas realizadas pelo Laboratório de Biologia e Genética de Peixes têm sido centralizadas no estudo da fauna de peixes neotropicais, de água doce e marinha, com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre a constituição do grupo, diversidade, processos evolutivos envolvidos em sua origem e manutenção e na aplicação de conhecimentos básicos na piscicultura. As pesquisas têm sido conduzidas nas seguintes áreas: citogenética geral e molecular, evolução cromossômica, estrutura e função cromossômica; organização genômica de famílias multigênicas e de elementos repetitivos de DNA não-codificadores, genética de populações, conservação genética de populações naturais, análises genéticas de estoques cultivados, taxonomia, sistemática molecular e estudos em biodiversidade a nível molecular.
Número de vagas: 10

Lab 02: Laboratório de Toxicogenômica e Nutrigenômica (OMICS) – Profa. Dra. Daisy Salvadori 
O Laboratório de Toxicogenômica e Nutrigenômica - OMICS atua nas Linhas de Pesquisa de Mutagênese e Carcinogênese. Especial ênfase é dada para 1) a identificação de agentes físicos, químicos e biológicos que podem causar alterações na estrutura do DNA (genotoxicidade) e sobre os padrões de expressão gênica (toxicogenômica); 2) a identificação de compostos naturais capazes de prevenir alterações genéticas induzidas por contaminantes ambientais (antimutagênese e anticarcinogênese); 3) a identificação de marcadores de suscetibilidade genética para o desenvolvimento de doenças (epidemiologia molecular); 4) as interações gene-dieta (nutrigenômica). 
Número de vagas: 10

Lab 03: Systems Biology and Genomics Lab – Prof. Dr. Guilherme Valente
O grupo SBGL (Systems Biology and Genomics Lab.) tem como missão estudos na área de Biologia de Sistemas (redes) e genômica. Atualmente, o foco principal do grupo é análises de tolerância ao etanol em leveduras com foco em redes biológicas e integração de dados. Nesse contexto, lidamos com dados OMICs (genômica, transcriptoma, proteômica e metabolômica) além de experimentos de fermentação, citometria de fluxo, análises de biologia celular, entre outros. No entanto, o grupo é mais especializado em bioinformática, lidando com análises de dados de Next Generation Sequencing e espectrometria de massas, modelagens e extração de padrões por meio de inteligência artifical, filogenias, genômica funcional, redes, entre outras. Também, somos desenvolvedores de softwares para diversas análises de bioinformática, tal como classificadores de rotas metabólicas de enzimas e genotipagem de HIV. Por fim, colaboramos com diversos grupos do Brasil e do exterior em diversas abordagens, tais como estudos de HIV e HCV, experimentos com lncRNAs de tomateiros, aspectos do transcriptoma durante fermentação, citogenômica, entropias, entre outros. Na sua visita, reportaremos as linhas de pesquisa que o grupo atua, as nossas estratégias de análises, as instalações de bioinformática e também resultados que estamos gerando.
Número de vagas: 20

Lab 04: Laboratório de Microbioma e Genômica Bacteriana (LMGB) – Prof. Dr. Josias Rodrigues
Historicamente, as bactérias têm sido consideradas não apenas como organismos unicelulares, mas também completamente independentes, sem muita inter-relação entre si, com os vírus e com os Eucariotos. Também, se observa que a maioria das pessoas considera bactérias como organismos prejudiciais, geralmente causadores de doenças. Na verdade, ao longo do tempo, diferentes áreas da Ciência têm demonstrado que as bactérias em geral são interdependentes, interagem de modo signicativo com o meio onde se encontram, determinando diversas situações no tempo e no espaço, vindo a constituir um Ecossistema. Os Ecossistemas microbianos, referidos como Microbiomas, são essenciais para diferentes tipos de atividade biológica. O microbioma humano, que é composto em sua maioria (>90%) por bactérias é essencial para a manutenção da homeostase do organismo, de modo que distúrbios que impliquem em desequilíbrio na composição de espécies (disbiose) podem resultar em diversos tipos de patologia como a obesidade e as doenças inflamatórias intestinais (DII). Estas últimas foram doenças cuja participação do microbioma foi mais intensivamente investigada e se insere na linha de pesquisa do Laboratório de Microbioma e Genômica Bacteriana (LMGB) do Instituto de Biociências da UNESP. Diversos trabalhos no desenvolvidos no exterior e no Brasil têm demonstrado que portadores de DII apresentam uma intensa disbiose. Além da caracterização da disbiose do microbioma intestinal destes pacientes, estudos desenvolvidos no LMGB em colaboração com pesquisadores de outros Centros de Pesquisa da UNESP de Botucatu pretendem restaurar a composição de espécies microbianas do intestino destes pacientes através da dieta ou de eventos de transplantação fecal.
Número de vagas: 10

Lab 05: Laboratório Genômica Integrativa - Prof. Dr. Cesar Martins
O Laboratório Genômica Integrativa visa explorar polimorfismos cromossômicos naturalmente estabelecidos (associados a cromossomos B e cromossomos sexuais) como modelos para investigar a natureza estrutural e funcional das modificações cromossômicas e genômicas ocorridas durante o processo evolutivo. O comportamento dos cromossomos durante o ciclo celular está sujeito a rearranjos genômicos produzindo uma ampla variedade de consequências funcionais com impacto em desordens celulares e também gerando novidades evolutivas. Sob a luz da geração massiva de dados biológicos envolvendo DNA, RNA, proteínas e epigenética, e redes de interação, focamos na identificação da origem e papel das mudanças cromossômicas para compreender suas consequências funcionais e evolutivas. Adicionalmente objetivamos ainda a divulgação científica de conhecimentos acerca dos cromossomos, sob a ótica evolutiva e funcional, como forma de aproximar o diálogo entre ciência e sociedade.
Número de vagas: 10

Lab 06: Laboratório de Pesquisa em Análises Genéticas (PANGENE) – Prof. Dr. Paulo Ribolla
O laboratório PANGENE desenvolve projetos relacionados ao estudo de doenças negligenciadas no Brasil. Trabalhamos em 03 diferentes frentes principais: 1. Estudo genético populacional de Anopheles darlingi: Através da genética populacional, estudamos a estrutura deste vetor em diferentes áreas da Amazônia, tentando entender como esta estruturação populacional afeta a transmissão da malária e procurando novas ferramentas de controle desta transmissão. 2. Relação ecológica entre Aedes aegypti e Aedes albopictus: Analisamos ao nível molecular (expressão gênica) os fatores relacionados com o processo de acasalamento e a interação destas duas espécies, numa tentativa de desenvolver novas ferramentas para o controle de Aedes aegypti. 3. Interação Leishmania infantum e macrófagos: Através da metodologia CRISPR/Cas estamos estudando a relação de diferentes genótipos humanos e a infecção pelo parasita, causador da leishmaniose visceral americana, Leishmania infantum.
Número de vagas: 20

Lab 07: Laboratório de Epigenética – Profa. Dra. Claudia Aparecida Rainho
Mecanismos epigenéticos de regulação da expressão gênica envolvem modificações herdadas, porém reversíveis, da cromatina e incluem a metilação do DNA, as modificações pós-traducionais das histonas, os fatores remodeladores da cromatina, além dos RNAs não codificadores. Nas últimas décadas, muitos estudos demonstraram o papel das modificações epigenéticas em vários processos biológicos e estabeleceram que a perda dos perfis epigenéticos normais são fatores chave no desenvolvimento de doenças humanas complexas como os distúrbios autoimunes, neurológicos e o câncer. Câncer é uma doença  heterogênea que se desenvolve em múltiplas etapas associadas ao acúmulo de alterações genéticas e epigenéticas. Neste contexto, o Laboratório de Epigenética desenvolve estudos dos mecanismos epigenéticos envolvidos em doenças humanas, com enfoque na identificação de biomarcadores diagnósticos e prognósticos bem como o desenvolvimento de estratégias para a identificação de novos compostos químicos aplicados à quimioprevenção e terapia epigenética do câncer.
Número de vagas: 15

Lab 08: Laboratório de Genética Molecular de Plantas – Prof. Dr. Ivan de Godoy Maia
Os transportadores mitocondriais estão envolvidos no intercâmbio de metabólitos e intermediários entre a mitocôndria e o citoplasma celular. Pela sua conhecida participação na manutenção da homeostase mitocondrial e, portanto, celular, bem como nos mecanismos de resposta das plantas aos estresses ambientais, esses transportadores se tornaram alvos importantes da pesquisa vegetal. Atualmente, o nosso grupo tem como foco de pesquisa os transportadores de dicarboxilato (DICs), cujo papel é ainda pouco estudado em plantas, e as proteínas mitocondriais desacopladoras (UCPs), sabidamente importantes na modulação do estado redox. Diferentes abordagens estão sendo utilizadas para investigar o papel e a relevância das diferentes isoformas destes transportadores presentes na planta modelo Arabidopsis thaliana, tanto no metabolismo mitocondrial como nos mecanismos de tolerância aos estresses. Espera-se  demonstrar a importância fisiológica de cada proteína, fornecendo, assim, subsídios para o emprego futuro dos referidos genes/proteínas em estudos translacionais e aplicados, visando o aumento de tolerância aos estresses ambientais.
Número de vagas: 10

Lab 09: Laboratório de Estudos em Biocomplexidade – Prof. Dr. Dr. José Luiz Rybarczyc Filho
O Laboratório de Estudos em Biocomplexidade possui trabalhos  em bioinformática e biologia de sistemas na integração de dados de Transcriptoma e redes biológicas (Big data e Complex data) para responder questões referentes a estudos de novas drogas, progressão de tumores, desenvolvimento de ferramentas computacionais.
Número de vagas: 10

Lab 10: Laboratório de Oncologia Molecular Translacional - Prof. Dra. Patrícia Pintor dos Reis
O laboratório de Oncologia Molecular e Translacional tem como linha de pesquisa o estudo de alterações moleculares associadas ao desenvolvimento e progressão do câncer, principalmente os de pulmão, fígado, pâncreas e vias biliares. Esses estudos estão focados no transcriptoma codificador e não codificador (com foco principal em microRNAs) e utilizam metodologias como o sequenciamento de alto desempenho, microarrays e análise digital de ácidos nucleicos. Adicionalmente, estudos de validação funcional são utilizados para avaliar os efeitos das alterações moleculares no crescimento, migração e invasão de células tumorais.
Recomendações aos participantes: Os alunos devem seguir as recomendações gerais de biossegurança - suficiente o uso de calça e sapatos fechados
Número de vagas: 10

Lab 11: Laboratório de Genética Molecular de Plantas – Prof. Dr. Celso Luis Marino
Resumo: Atualmente são desenvolvidas no CAGEN (Centro de análises genômicas) pesquisas moleculares e genômicas para auxiliar programas de melhoramento em Eucalyptus e conservação genética de espécies nativas, assim como no estudo de doenças que acometem essas espécies. Por meio de sequenciamento de nova geração (NGS) são desenvolvidos e disponibilizado pelo grupo marcadores moleculares. Esses são utilizados para auxílio na investigação de regiões de interesse nos programas de melhoramento, estudo de sistema de reprodução e fluxo gênico de espécies arbóreas, além de identificação de fungos e bactérias fitopatológicas. Portanto, o grupo atua de forma relevante na pesquisa do setor florestal em parceria com empresas e na disponibilização de resultados para tomadas de decisões e estratégias na conservação da flora brasileira.
Número de vagas: 10

Lab 12: Laboratório de Serviço de Aconselhamento Genético – Profa. Dra. Lucilene Arilho Ribeiro-Bicudo
Número de vagas: 10

Minicursos

Os minicursos ocorrerão no dia 13 de abril de 2019 no período da manhã. Cada congressista tem direito a escolher um minicurso, incorrendo no acréscimo de 10 reais no valor da inscrição

Minicurso 1 - Utilização de dados cromossômicos em filogenia
Ministrantes: Dra. Camila do Nascimento Moreira
Ementa:
- Bases da citogenética clássica e molecular.
- Fundamentos da filogenética e cladistica.
- Aplicação das análises filogenéticas em dados cromossômicos.
- Montagem da matriz de dados cromossômicos.
- Escolha dos métodos de análise.
- Interpretação dos dados.
Número de participantes: 30

Minicurso 2 - Telômeros: longevidade e envelhecimento
Ministrantes: Dra. Edna Gicela Ortiz Morea, Me. Whisnayder Martins Gentil
Ementa: Os telômeros são estruturas nucleoprotéicas, envolvidos em diversos processos importantes como: controle da divisão celular, envelhecimento, regulação da transcrição, integridade do genoma e manutenção da arquitetura nuclear. O foco do minicurso é entender como o mecanismo molecular da biologia telomérica está envolvida no envelhecimento, e como este mecanismo pode ajudar no desenvolvimento de diagnósticos e tratamentos de algumas doenças.
Número de participantes: 10

Minicurso 3 – Biotecnologia e conservação genética de plantas
Ministrantes: Me. Rômulo Pedro Macêdo Lima, Dr. Ricardo de Oliveira Manoel
Ementa: Este minicurso teórico-prático tem como objetivo apresentar os princípios básicos para estudos de conservação genética de plantas. Para tanto, serão abordadas metodologias biotecnológicas para fenotipagem em plantas e de genética molecular, como a extração de DNA que será realizada em aula prática de laboratório.
Número de participantes: 15

Minicurso 4 – Aplicação de marcadores SNPs em análises genéticas de plantas
Ministrantes: Me. Mariane Silva Felicio, Me. Caroline Ariyoshi, Me. Paula Oliveira Camargo
Ementa: O curso abordará a aplicação de marcadores moleculares tipo SNP no estudo de diversidade genética em populações de plantas através de ferramentas de bioinformática. A parte teórica do curso será fundamentada nos seguintes conteúdos: marcadores SNPs, estrutura genética de populações e aplicação no melhoramento de plantas. A parte prática consistirá na análise de dados reais com o auxílio do software online SNiPlay.
Número de participantes: 30

Minicurso 5 – Conceitos básicos e aplicações no Aconselhamento Genético
Ministrantes: Camila Cristina de Oliveira Alves, Me. Priscila Medeiros, Me. Stéfany Lopes Lucas Empke
Ementa: Introduzir os princípios básicos do Aconselhamento Genético, abordando as principais etapas desde a consulta ao diagnóstico. Abordar os principais fenótipos clínicos que auxiliam na hipótese diagnóstica e como as diferentes técnicas laboratoriais contribuem para desfecho clínico. Realizar atividade teórico-prático que instigue os alunos a aplicar os conceitos abordados durante o minicurso.
Número de participantes: 20

Regulamento das Inscrições

As inscrições serão feitas exclusivamente online até a data de 28/03/2019, após essa data as inscrições serão realizadas via comissão organizadora no dia do evento. No caso de desistência, o valor da inscrição e minicursos não serão devolvidos, com exceção de erros cometido pela comissão organizadora/sistema operacional.  A participação em minicursos é opcional e incorre em pagamento de valor à parte. Após a inscrição online será gerado um boleto bancário com o valor total de inscrição que deverá ser pago em até 3 dias úteis, já o pagamento da inscrição no momento do evento será à vista e com valor reajustado (previsto na tabela de valores). 
Para receber o certificado de participação do evento, o inscrito deve obter o mínimo de 75% de presença nas atividades do evento.
Boletos gerados com valor acima de R$100,00 só poderão ter o pagamento efetuado após 24h da inscrição.Serão oferecidas 10 vagas isentas da taxa de inscrição para professores do ensino básico, 10 para alunos do Ensino Médio de escola pública, e ainda, 10% do total de vagas isentas da taxa de inscrição para alunos de graduação matriculados na UNESP.
Os interessados devem enviar e-mail para workshopgenetica@gmail.com com Currículo Vitae e um texto breve de justificativa para o pedido de isenção até o dia 22/02/2019.
A Comissão Organizadora irá enviar um e-mail aos interessados informando se houve ou não a concessão de isenção até a data de 01/03/2019.

Envio de Trabalhos

Os participantes que optarem por enviar resumo de seu trabalho devem fazê-lo até dia 22/02/2019, por meio do e-mail  workshopgenetica@gmail.com.

A Comissão Científica irá avaliar os resumos e enviar a aprovação, juntamente com possíveis considerações, para o e-mail dos inscritos até dia 08/03/2019. Os resumos aprovados deverão ser apresentados em um painel de 120cm x 90cm na Sessão de Pôsteres, no entanto, a Comissão Científica irá selecionar três (3) trabalhos de cada categoria (Graduação e Pós-Graduação) para apresentação oral.

Os melhores trabalhos de Graduação e Pós-Graduação na sessão oral ou pôster serão premiados. É importante destacar que todos os trabalhos aprovados serão publicados online nos Anais do Workshop de Genética (ISSN - 2446-7367).

 

 

Download das Normas para Submissão dos Resumos

Organização

Corpo Discente)
Dra. Amanda de Oliveira Ribeiro (pós-doc)
Ana Julia gomes (graduanda)
Me. André Luiz Molan (doutorando)
Barbara Mitsuyasu Barbosa (mestranda)
Beatriz Jacinto Alves Pereira (mestranda)
Bruno de Campos Souza (graduando)
Emiliana Weiss (mestranda)
Giovana Ribeiro (graduanda)
Me. Giordano Bruno Sanches Seco (doutorando)
Heitor Madalena da Silva Troca (mestrando)
Heloisa de Souza Andrade (mestranda)
Me. João Henrique Maria Assunção (doutorando)
Me. Jordana Inácio Nascimento (doutoranda) 
Me. Maiara Ribeiro Cornacini (doutoranda)
Rafael Takeshi Suyama Kunii (mestrando)
 

Docente)
Prof. Dr. Danillo Pinhal

Comissão Científica)
Dr. Adauto Cardoso  
Profa. Dra. Adriane Pinto Wasko 
Dra. Agnes Takeda   
Profa. Dra. Claudia Aparecida Rainho
Prof. Dr. Claudio de Oliveira
Profa. Dra. Daisy Maria Fávero Salvadori
Dr. Diego Alonso
Prof. Dr. Douglas Silva Domingues  
Dr. Geysson Fernandez  
Prof. Dr. Ivan de Godoy Maia
Prof. Dr. José Luiz Rybarczyk Filho          
Prof. Dr. Josias Rodrigues      
Profa. Dra. Lucilene Arilho Ribeiro-Bicudo
Dr. Luiz Augusto Bovolenta   
Dr. Luz Eneida Ochoa Orrego    
Profa. Dra. Maria Isabel Nogueira Cano                          
Prof. Dr. Paulo Eduardo Martins Ribolla       
Prof. Dr. Rafael Henrique Nóbrega        
Prof. Dr. Robson Francisco Carvalho 
Dr. Samir Kadri
Dr. Sérgio Alexandre Alcântara dos Santos
Dra. Vanessa Paes  

Local do Evento

O XIX Workshop de Genética será realizado no Espaço IB Eventos.
 

Hotéis

 

Hotel Riellis

Rua Prudente de Moraes, 871 

Vila Padovan 

Botucatu - SP

(14) 3354-0871 - (14) 3354-0875 - (14) 3354-0876 - (14) 3354-0878

karina@riellishotel.com.br

Cadastre-se

Cadastre-se abaixo. Caso já tenha cadastro acesse aqui para inscrever-se utilizando seu login.